• Instagram
  • Facebook
  • Twitter

Espaço Artesanato em Movimento do Estado do Rio de Janeiro

Programa de Artesanato

do Estado do Rio de Janeiro

Notícia

Artesanato do Estado do Rio encanta turistas em evento no Píer Mauá

Após oito anos, o Salão do Turismo voltou a ser realizado na Capital e, com números marcantes, foi considerado um sucesso pelo público e pelo trade turístico. O Programa de Artesanato, coordenado pela Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, também marcou presença nos quatro dias do evento, levando as belezas e características da atividade desenvolvida nas doze regiões turísticas fluminenses. 


O evento, realizado pelos jornais O Globo e Extra, com apresentação do Sesc RJ e Senac RJ, e promoção da Setur-RJ, recebeu mais de 40 mil pessoas que, além do artesanato, aproveitaram as palestras, atrações culturais, apresentações musicais, área de comercialização e balcões dos municípios. O Salão aconteceu de 22 a 25 de agosto, no Armazém 2 do Píer Mauá. 

O secretário de Estado de Turismo, Otavio Leite, comemorou o sucesso da participação do Programa no evento: 
- A presença do artesanato conferiu um charme especial ao Salão do Turismo. Afinal, os trabalhos e obras foram apresentados a milhares de pessoas que tiveram a chance de conhecer grandes profissionais de diversas regiões turísticas. Foi um momento muito importante para a classe que teve, inclusive, um nível de vendas satisfatório. Turismo e artesanato vão caminhar sempre juntos - ressaltou Otavio Leite.

A participação do Programa aconteceu em três momentos: comercialização, exposição e o espaço “Saber Fazer”. A área de vendas contou com 196 expositores do Estado, vindos de 46 municípios além de uma comunidade quilombola, uma indígena e representantes PCD’s (Pessoas com Deficiência). Os artesãos ocuparam 50 estandes e totalizaram R$ 54 mil em vendas. 

Já no Espaço Saber Fazer 38 artesãos produziram obras sob os olhares atentos do público que puderam conhecer e aprender um pouco de várias técnicas desenvolvidos pelos artífices fluminenses. As peças de artesanato, das 12 regiões turísticas, também estavam expostas em totens.